Morte de médica Procopense em São Paulo causa comoção

 

Morte de casal de médicos causa comoção

Eles retornavam para Ribeirão Preto após um dia de trabalho

 

 

 

A morte de um jovem casal de médicos em um trágico acidente causa comoção em São Carlos e região. O carro que eles estavam bateu de frente com uma carreta, no final da tarde desta terça-feira (8), na rodovia que liga São Carlos a Ribeirão Preto.

A morte de um jovem casal de médicos em um trágico acidente causa comoção em São Carlos e região. O carro que eles estavam bateu de frente com uma carreta, no final da tarde desta terça-feira (8), na rodovia que liga São Carlos a Ribeirão Preto.

O acidente

De acordo com o caminhoneiro de 62 anos, ele seguia no sentido Ribeirão Preto – São Carlos e no Km 249, em frente à entrada do Centro de Manutenção da Latam, o Volkswagen UP, com placas de Guanambi/BA ,que vinha no sentido oposto, rodou e colidiu fortemente contra a frente do caminhão carregado com arame. No carro estava Abner Brito Santos Donato, junto da esposa Fernanda Coimbra Pacheco.

O carro ficou totalmente destruído e seus dois ocupantes tiveram morte instantânea. Chovia no momento do acidente, o que pode ter contribuído para o motorista perder o controle.

O Samu e a concessionária que administra a rodovia estiveram no local, mas nada pôde ser feito pelas vítimas.

A médica neurologista Fernanda Coimbra Pacheco é uma das vítimas do grave acidente que aconteceu no final da tarde desta terça-feira (8), na rodovia SP-318). A carteira do conselho federal de medicina dela foi encontrada no veículo. Um homem que estava no carro também faleceu, porém ainda não foi identificado.

Fernanda, filha do empresário procopense Zaqueu Pacheco (London Veículos), era formada pela Universidade de Marília (UNIMAR) e morava em Ribeirão Preto. Ela prestava serviços no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), em São Carlos e retornava do trabalho quando o acidente aconteceu.

No currículo da médica consta que ela já trabalhou no Hospital Dia em Indaiatuba, no Hospital Augusto de Oliveira Camargo e no Hospital Albert Sabin, em Atibaia.

Os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos.

FONTE Por REDAÇÃO SÃO CARLOS AGORA

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *