Eleitor que apertou os botões da urna com uma arma de brinquedo é de Cornélio e está sendo investigado pela Polícia Federal

Neste domingo (07) dia do 1º turno das eleições, um homem identificado como Maykon Santana Aníbal de Cornélio Procópio, publicou em redes sociais um vídeo usando uma arma de brinquedo para apertar os botões da urna eleitoral.

Maykon afirma que o ato de fazer o vídeo “foi uma brincadeira sem pensar” e que a ideia teria surgido em um minuto de bobeira.

Na quarta feira (10) Aníbal teve apreendido pela Polícia Federal seu celular e a arma de brinquedo utilizada para realizar o vídeo, ocasião em que teve que prestar depoimento na Delegacia da PF, mas depois do depoimento foi liberado e a investigação foi proposta para determinar se houve quebra do sigilo no voto, em que a pena máxima pode chegar a dois (02) anos de prisão.

“Todas as ações da internet, assim como no mundo real, elas têm consequências. A PF mantém esse monitoramento em redes sociais abertas e a gente utiliza ferramentas que possibilitam identificar as pessoas”, disse o delegado Guilherme Torres, da Diretoria de Inteligência da PF.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *