Cobra Cascavel é encontrada em uma residência na Vila Santa Terezinha em Cornélio Procópio

Na tarde desta segunda-feira (05), o corpo de bombeiros foi solicitado para fazer o resgate de uma serpente cascavel que se encontrava em uma residência no bairro Santa Terezinha em Cornélio Procópio. Na informação de que seria uma cobra peçonhenta, o corpo de bombeiros entrou em contato com o médico veterinário Rafael Haddad que é presidente do IPEVS (instituto de pesquisa em vida selvagem e meio ambiente), em que o mesmo se dirigiu até a residência para capturar o animal.

Rafael Haddad, presidente do IPEVS

 

 

 

Em entrevista a Rádio Rainha, Rafael detalhou como foi o resgate: “Bom dia meus amigos. Teve uma ocorrência na vila Santa Terezinha, no qual uma senhora chamada Lúcia, ligou para corpo de bombeiro, informando que havia encontrado uma serpente em sua casa, uma serpente cascavel, sendo assim, o corpo de bombeiro entrou em contato comigo e eu fui para o local para fazer o resgate. Chegando lá, me deparei com uma casa toda murada, mas com um quartinho no fundo de madeira, no qual estavam guardados alguns itens, galões de óleo, alguns pisos, madeiras e alguns outros objetos. O marido da Dona Lúcia me informou, que naquele local à algum tempo atrás já teria aparecido uma cobra, há mais ou menos uma semana, ele achou que ela tivesse sumido. Na sequência, acharam também uma pele de cobra e que hoje pela manhã ele tinha visto aquele animal e que estava escondido ali, pois estava mexendo no quartinho e ouviu o guizo e ficou com medo. Na retirada dos objetos, encontrei ela debaixo desse cocho, retirei e capturei a serpente com auxilio de uma gancho, coloquei na caixa e expliquei pra eles, que se houvesse mais alguma ocorrência, pra ligarem e iriamos fazer o resgate também. A grande verdade é que agora no período de calor, esses animais tem aparecido na zona urbana, eles sempre aparecem nessa época e o risco de acidentes aumenta. Primeira coisa é vedar frestas, vãos e qualquer outra entrada que posso dar no interior da residência e também tomar cuidado com os ralos, sempre deixar com tampas, evitando o acumulo de lixo e entulho nos quintais, porque isso atraí os insetos, roedores e aí tanto os escorpiões, quanto as aranhas e as serpentes vêem para se alimentar desses animais e aí acabam entrando na residência e causando assim, uma possibilidade real de acidente. A primeira orientação caso encontre um animal é que entrem em contato com o corpo de bombeiro, IAP ou o IPEVS, para que os profissionais possam fazer o resgate desses animais e fica de alerta, pra nunca tentarem resgatar sem o auxílio de alguma entidade especializada. O telefone do IAP é 3524-2597, que pode ser a primeira opção de ligação, pois é o órgão ambiental responsável, caso eles não possam resgatar, vão entrar em contato com o corpo de bombeiros ou conosco. E sempre evitar o resgate por conto, pois é muito arriscado e em caso de acidentes, procurar imediatamente o atendimento médico da santa casa, quanto mais rápido a atendimento, maior é a chance de se salvar quem foi picado por aranha, escorpião ou cobra. Temos que ter a consciência de que esses animais só estão entrando na cidade, porque eles perderam o espaço deles na natureza.”

Reforçamos para a população, seguindo as orientações do médico veterinário Rafael, para que nunca tentem capturar esses animais sozinhos, a melhor ação é entrar em contato com o órgão responsável, e assim evitar que possíveis acidentes ocorram.

Fonte: Rádio Rainha da Paz.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *